Resenha | A Tormenta de Espadas, George R. R. Martin | Bang Bang Escrevi

Resenha | A Tormenta de Espadas, George R. R. Martin

6 de abr de 2013
Título Original: A Feast for Crows
Saga: AS Crônicas de Gelo e Fogo
Autor: George R.R. Martin
I.S.B.N.: 9788580443769
Altura: 24 cm.
Largura: 17 cm.
Tradução: Jorge Candeias
Número de Paginas : 644
Editora:  LeYa
Avaliação:

O divisor de águas. Reis caídos, reis mortos, vilões que viram mocinhos e o surgimento de heróis.

Pela primeira vez tem no livro o mapa das terras além da muralha e os castelos que a compõem e o mapa das terras a leste de Westeros o que está atrasado, porque o Jon tá alem-da-muralha desde o segundo livro e a Daenerys fora de Westeros desde o primeiro.

Esse livro vai deixar claro quem é quem e o que cada um quer. Acrescentaram o ponto de vista do Jaime Lannister, o regecida e do Samwell Tarly e aparecem outra porrada de personagens marcantes que irão desempenhar papéis importantes durante a história, não vou dizê-los pra não gerar expectativa em cima deles. Outro fator que achei excepcional do livro é que durante ele acontece dois casamentos e um julgamento, mostrando assim, um pouco da estrutura política e religiosa de Westeros nesses aspectos, claro que já sabemos que existem alguns deuses e crenças, mas nunca tinha sido mostrado como é a representação social desses eventos. 

Outro ponto é que durante a narrativa morre muitas pessoas, umas do nada, outros com estratagemas envolvidos e, claro, os extremamente dramáticos, mas pelo o que falavam do livro a quantidade não chegou nem perto do que eu pensava. Batalhas, só tem uma grande batalha. E aqui que se fica claro a proposta do livro... De que uma guerra é vencida com tinta e papel e não com exércitos.

O que achei estranho é que a nota do escritor quanto a passagem de tempo no livro alertava o fato de que por os personagens estarem distantes o tempo transcorria de forma diferente entre eles em alguns lugares dias, outros meses e até mesmo anos, mas não senti essa diferença, talvez no retorno do próximo isso seja notado.


O que esperar...
Pela forma como termina é de se esperar que no próximo teremos mais coisas fora de Westeros já que agora temos mais de um personagem fora de lá - Sim, alguém saiu, mas não vou revelar - e o retorno dos caídos, a vingança dos traídos e o retorno dos mortos, porque, sinceramente, o epílogo foi fodasticamente épico. 

O maroto (é o do meio):



Nota: A minha edição tem dois problemas, o primeiro, a lombada quebrou e o segundo, tem um erro de montagem :(



Podia ter reclamado com a editora e a submarino e tal mas aí, me dei conta de que ter uma edição assim é mais raro do que ter uma perfeita.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.