Novembro 2011 | Bang Bang Escrevi

Chuva

29 de nov de 2011
Hoje era dia de chuva.
Chuva boa de ficar debaixo dela,
de beijar, amar, sorrir,
esperar e tentar se esconder.
Hoje era dia de chuva.
Chuva boa de cair no colo
de quem almeja lavar a saudade
esquecer e deixar a água levar
toda a maldade, a melancolia
e o desespero do dia-a-dia.
Pra quem quer paz na sinfonia
da orquestra das nuvens
regida pelo maestro céu.
Hoje era dia de chuva.
Chuva boa

Homem mente

23 de nov de 2011
Honestamente
Fingidamente
Figurativamente
Eternamente
Homem Mente
Mente pra si quando está apaixonado.
Mente pra todos quando está amando.
Mente pra Ela, porque não quer
e mente pra si, porque sabe que está mentindo.
Quando resolve dizer a verdade
tudo que era inteiro, vira metade
e descobre que cara-metade
faz parte, e sim, de outra realidade.
Porque homem quando mente, mente calado,
Porque quando cala, cala sorrindo
E quando sorri, Sorri mentindo.
E mais se ainda resta defender
essa meia verdade que não consegue dizer.
Se sorri mentindo é porque não
[...dá mais pra esconder.

Fazer amor

Hoje eu acordei excitado,
com aquela vontade louca
de te jogar na cama
e arrancar toda tua roupa.

Pelo teu corpo moreno passear.
Por cima, por baixo.
Brincar de gato e rato
e com um beijo te pegar.

Atrair-te para a armadilha em meus braços.
Prender-te de súbito,
nesse frenesi maluco
das nossas pernas em laço.

Em você vida colocar.
Arrancar-te a força do mundo comum.
Do teu pulmão todo ar sugar
no momento em que somos apenas um.

Da raiz

10 de nov de 2011
Mano, hoje tem que ter raiz
não sou rico e nem pobre,
mas a minha parte sei que fiz
e continuo fazendo.
A arte está aí, nunca desistir.
não engulo o que a TV vomita,
nem me iludo com noticia mal dita.
Só quem pode falar a verdade
é quem tá lá, vivendo o drama.
Se não entende, presta atenção
só assim você vai entender as fita.
A hipocrisia vive do lado de fora
e pouco se importa com a nossa vida
e quem controla tudo não quer mudança,
mas o povo é forte
e aos poucos vai acordando
só não pode deixar morrer a esperança.
Porque tá ligado
informação não é mais luxo
em qualquer lugar você vê o fluxo.
Isso aqui não é a busca da perfeição,
é só um grito,
de um povo que quer menos desigualdade
e mais educação.
Quer salário de verdade
e não piedade pra pão.
 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.